A conta da crise energética europeia está se aproximando de 500 bilhões de euros, relata o think tank Bruegel, com sede em Bruxelas. Os custos estão aumentando à medida que mais e mais governos absorvem o impacto do aumento dos preços da energia para residências e empresas.

Os 27 Estados-Membros da União Europeia destinaram até agora 314 mil milhões de euros para combater os efeitos da crise energética. Outros 178 bilhões de euros do Reino Unido serão adicionados, de acordo com as estimativas de Bruegel.

“Essas medidas, que inicialmente eram uma resposta temporária ao que deveria ter sido um problema temporário, explodiram e se tornaram estruturais”, disse Simone Tagliapietra, pesquisadora do think tank. Segundo ele, mais medidas serão tomadas porque os preços da energia continuam altos. “Isso claramente não é sustentável do ponto de vista das finanças públicas.”

Os 500 bilhões de euros mencionados por Bruegel não incluem todas as medidas recentes. Por exemplo, os 8 bilhões de euros que a Alemanha está alocando para nacionalizar a empresa de energia Uniper não estão incluídos nesse número.

Este conteúdo está traduzido, veja a. Versão original.

Via

Previous articleCultura Profética – Para Estar
Next articleAlguma dica ao registrar um domínio para mostrar meus projetos, como um site de portfólio pela primeira vez,

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.