Linha 6: Linha 6:

|data_nascimento={{Data de nascimento|1897|4|3|df=y}}

|data_nascimento={{Data de nascimento|1897|4|3|df=y}}

|data_morte={{data e idade da morte|1980|11|5|1897|4|3|df=y}}

|data_morte={{data e idade da morte|1980|11|5|1897|4|3|df=y}}

|local_nascimento=[[Papenburg]] [[German Empire]]

|local_nascimento=[[Papenburg]] [[German Empire]]

|death_place=[[Riegsee]]

|death_place=[[Riegsee]]

|image=Niefoffhermann.jpg

|image=Niefoffhermann.jpg


Última revisão em 00:33, 18 de julho de 2022

Hermann Niehoff (3 de abril de 1897 – 5 de novembro de 1980) foi um general alemão durante Segunda Guerra Mundial. Em 1944, ele era um tenente-general e comandante do Heersgebeit Sudfrankreich (Grupo do Exército do Sul da França) enfrentando a invasão americana/francesa do sul da França (Operação Dragoon).[1]Desde 2 de março de 1945, era comandante da guarnição da Fortaleza de Breslau (Festung Breslau) durante o Batalha de Breslauque ele entregou aos soviéticos 6º Exército em 6 de maio de 1945.

Niehoff foi nomeado para Espadas em 1945 como comandante de Breslau. Nenhuma prova do prêmio pode ser encontrada no Arquivos Federais Alemães. o Associação de Destinatários da Cruz de Cavaleiro (AKCR) apenas assume que as Espadas foram concedidas. De acordo com o depoimento de Niehoff, ele foi indicado pelo Gauleiter Karl Hanke.[5]

Referências[edit]

Citações[edit]

  1. ^ Editores Charles Rivers, Operação Dragão p. 24
  2. ^ uma b c Thomas 1998, pág. 119.
  3. ^ Patzwall & Scherzer 2001, p. 331.
  4. ^ uma b Scherzer 2007, pág. 569.
  5. ^ Scherzer 2007, pág. 161.

Bibliografia[edit]

  • Berger, Florian (1999). Mit Eichenlaub e Schwertern. Die höchstdekorierten Soldaten des Zweiten Weltkrieges [With Oak Leaves and Swords. The Highest Decorated Soldiers of the Second World War] (em alemão). Viena, Áustria: Selbstverlag Florian Berger. ISBN 978-3-9501307-0-6.
  • Patzwall, Klaus D.; Scherzer, Veit (2001). Das Deutsche Kreuz 1941 – 1945 Geschichte und Inhaber Band II [The German Cross 1941 – 1945 History and Recipients Volume 2] (em alemão). Norderstedt, Alemanha: Verlag Klaus D. Patzwall. ISBN 978-3-931533-45-8.
  • Scherzer, Veit (2007). Die Ritterkreuzträger 1939–1945 Die Inhaber des Ritterkreuzes des Eisernen Kreuzes 1939 von Heer, Luftwaffe, Kriegsmarine, Waffen-SS, Volkssturm sowie mit Deutschland verbündeter Streitkräfte nach den Unterlagen des Bundesarchives [The Knight’s Cross Bearers 1939–1945 The Holders of the Knight’s Cross of the Iron Cross 1939 by Army, Air Force, Navy, Waffen-SS, Volkssturm and Allied Forces with Germany According to the Documents of the Federal Archives] (em alemão). Jena, Alemanha: Scherzers Militaer-Verlag. ISBN 978-3-938845-17-2.
  • Thomas, Franz (1998). Die Eichenlaubträger 1939–1945 Banda 2: L–Z [The Oak Leaves Bearers 1939–1945 Volume 2: L–Z] (em alemão). Osnabrück, Alemanha: Biblio-Verlag. ISBN 978-3-7648-2300-9.


Source link

Previous articleAbaixo de dez graus em alguns lugares: segunda-feira à noite oferece resfriamento antes da onda de calor
Next articlePranked my barber today #trend #comedy #prank ♬ original sound – Spencer X…

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.