Desabafar emoções é um processo difícil, mas necessário. Podemos dizer que perdoar é realmente deixar perante o Senhor as dores e as feridas que nos fizeram sofrer por muito tempo, mesmo que não tenhamos confrontado a pessoa que nos feriu. No entanto, perante Deus, tudo foi feito. Tu és bondoso e perdoador, Senhor, rico em graça para com todos os que te invocam”. Salmos 86:5.

O perdão coloca a bola no campo de Deus. Há pessoas que não se arrependeram das coisas ruins que fizeram. Quando você perdoa, você confia as ações e as pessoas a Deus para Ele lidar com elas com sabedoria.

O poder do perdão trabalha a ideia do desapego gradual e contínuo daquilo que nos causou dor. É um ato de coragem, já que tomamos força para nos liberar do rancor gerado por alguém ou por uma situação. A partir daqui, vem a aceitação, entendendo o que aconteceu e passando a seguir adiante como parte do processo de cura.

O seu “Eu” se reestrutura, traçando um novo caminho para que possa reparar o sofrimento guardado. Suas emoções negativas encontram um espaço de purificação para que assim possa vir a paz interior.

Conceder o perdão é como abraçar um estágio à frente, em que o crescimento se torna possível. É amadurecer, agarrando-se naquilo que nos alimenta, uma vida mais sadia e sábia, um recomeço. Tudo isso é possível quando você decide perdoar e colocar as mágoas perante Deus. 

Obrigado por existir,

Elias dos Reis Silva.


Source link

Previous articleMajor Lazer – Hands Up (feat. Moonchild Sanelly & Morena Leraba) (Official Audio)
Next articleA Holanda pode afastar o homem por trás da teoria dos répteis de Baudet?

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.